imprensa

Samae Brusque já colhe frutos da expansão de rede iniciada em abril

Pouco mais de dois meses após dar início à sua maior obra dos últimos anos, o Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae) de Brusque já vem colhendo frutos significativos na expansão de rede que alcançou, recentemente, 1,2 quilômetros dos mais de 8,5 previstos de novas tubulações.

Durante a segunda quinzena de junho, a nova rede foi interligada em uma pré-existente na rua Carlos Graf, bairro Centro II, próximo da Escola de Educação Básica (EEB) Dom João Becker. Com isso, a nova travessia de água tratada já foi colocada em operação, aumentando, em média, 15 mca (metros coluna de água) de pressão em toda a rede em horários de pico.

Os bairros diretamente beneficiados, até o momento, foram Centro II, Jardim Maluche, Souza Cruz, 1º de Maio, Azambuja e Águas Claras. “Isso é um resultado que melhora a eficiência e segurança operacional do sistema de abastecimento do Samae, que evita, agora, desabastecimentos em horários de maior consumo”, avalia o diretor de Expansão da companhia, engenheiro Eduardo Fernandes.

“Aumenta toda a eficiência do nosso sistema, já que nos locais mais altos, os sistemas de bombeamento terão mais pressão à montante, ou seja, exigindo menos trabalho das bombas e evitando desabastecimento antes das elevatórias”, completa o servidor.

Vale lembrar que o Samae agora dispõe de duas travessias de água tratada que atravessam o rio Itajaí Mirim. Uma delas é a nova rede, que passa pela ponte Antônio Nicolau Maluche. A outra é uma adutora subterrânea, situada nas proximidades da Ponte Estaiada. “Estas duas adutoras formam um anel de abastecimento e levam água, agora, com mais pressão, para todas essas regiões”, finaliza o engenheiro.