imprensa

Samae se prepara para limpar todos os seus reservatórios e cisternas

O corpo de engenheiros do Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae) de Brusque se reuniu na manhã desta segunda-feira, 14 de junho, para começar a discutir o cronograma de limpezas das cisternas e reservatórios que compreendem o sistema de fornecimento de água tratada na cidade.

O Samae será uma das primeiras companhias do estado de Santa Catarina a executar este tipo de trabalho, após decreto que tornou obrigatório a limpeza anual destas estruturas. O serviço, que será realizado pela empresa MR Desinsetização, é considerado de grande relevância pela autarquia, já que, por conta de sua realidade geográfica, a cidade possui dezenas de reservatórios espalhados por diversos bairros.

A engenheira Mylena Rubituci, fiscal do contrato, explica que o planejamento prévio e a comunicação da agenda de limpezas para a comunidade serão essenciais para o bom andamento das limpezas, já que é esperado certo transtorno para a população.

“Pode vir a ocorrer desabastecimentos, mas iremos fazer uma divulgação para não haver problemas e, também, para as pessoas se prepararem”, relata a servidora. “As limpezas ocorrerão a partir do fim deste mês de junho. Essa semana ainda vamos sentar e discutir as datas com a empresa. A partir de quinta, já devemos ter essa agenda preparada (...) é importante que a população também faça a sua parte, limpando periodicamente suas caixas d’água”.

Além da sanitização, também será realizada uma análise estrutural de todos os reservatórios, já que alguns possuem décadas de existência. Para o ano que vem, a ideia da autarquia é realizar a impermeabilização destes equipamentos.

“Os maiores reservatórios ficam aqui na ETA Central, e são responsáveis por abastecer 70% da cidade. Então, quando houver a limpeza destes, inevitavelmente poderá faltar água em alguns bairros, mas pelo lado positivo irá melhorar muito a qualidade de água”, salienta a engenheira.