imprensa

Tem fim problema histórico de desabastecimento em ruas do Limeira

Até há pouco tempo, moradores das ruas LI 045, Juazeiro e Manoel Assino, todas no bairro Limeira, sofriam com constantes desabastecimentos de água tratada, sobretudo em horários onde são registrados picos de consumo.

A situação mudou recentemente, com uma obra realizada pelo Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae) de Brusque no início do mês de maio. Após um estudo realizado pelo setor de Engenharia da autarquia, descobriu-se que a solução era relativamente simples: bastava alterar o sistema de abastecimento na região com interligações e manobras de rede.

A água, que antes chegava por gravidade nessas ruas, agora é impulsionada por uma casa de bombas existente nas adjacências.

"Após essas obras, essas ruas estão sendo abastecidas pela Estação Elevatória de número 21, que também chamamos de EAT 02, na rua ngelo Tomasi. Assim, esses pontos que apresentavam desabastecimentos, hoje já possuem uma média de 40 metros de coluna d'água (mca) durante todo o dia", explica Eduardo Fernandes, diretor de Expansão do Samae.

Os gráficos emitidos pela equipe técnica não deixam dúvidas. Se antes a região sofria com picos alternados de abastecimento, hoje a quantidade de água que chega nas torneiras dos cidadãos é constante em todos os momentos do dia.