imprensa

Samae representa prefeito Ari Vequi em reunião sobre o Marco Legal do Saneamento

Durante a tarde desta quarta-feira, 12 de maio, o engenheiro do Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae) de Brusque, Juliano Montibeller, representou a autarquia e, também, o presidente da Agência Intermunicipal de Regulação do Médio Vale do Itajaí (Agir), prefeito Ari Vequi, em uma videoconferência realizada pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico Sustentável.

Em pauta, o novo Marco Legal do Saneamento e a iminente obrigação, por parte dos estados, da criação de Unidades Regionais de Saneamento Básico (URSB’s), que visa a prestação regionalizada dos serviços públicos da área. Na prática, o tratamento e o fornecimento de água tratada, além do tratamento de esgoto sanitário, deverão, em breve, ser organizados em blocos de municípios.

“Foi discutido como serão implementadas essas unidades. É uma discussão muito grande, pois cada município tem sua peculiaridade. Por exemplo: como iremos juntar Brusque, Guabiruba e Itajaí, se uma é empresa privada, outra é autarquia? Tem todas essas situações que ainda serão discutidas”, avalia Montibeller.

Para o mês de julho, está prevista a realização de uma consulta pública, a fim de que seja discutida a regionalização. Até lá, as agências reguladoras de Santa Catarina irão se reunir em mais oportunidades para a resolução de pendências como as apresentadas pelo engenheiro.

“Isso vem trazendo grande preocupação entre as cidades, no sentido de saber como serão utilizados os recursos com uma gestão única, como será, de fato, essa gerência da água com as bacias regionalizadas”, finaliza.