imprensa

Samae investe em obras para melhorar e expandir o serviço

Com o objetivo de melhorar o abastecimento de água à população, o Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae) está com frentes de trabalho em diversas regiões da cidade. Na quinta-feira (19), o prefeito Paulo Eccel e o Diretor Presidente da autarquia, Rogério Ristow, visitaram algumas das obras que estão em andamento.

Na sede do Samae, a Estação de Tratamento de Água (ETA) Central, responsável por 73% do abastecimento da cidade está passando por uma ampla reforma estrutural, que iniciou no final do ano passado. Toda a área dos filtros agora está coberta, protegida das intempéries climáticas. Além disso, toda a estrutura está sendo modificada e várias operações passam por modernização.

“Quando estiver pronto haverá uma melhora significativa na qualidade de trabalho dos servidores. Junto à reforma da sede, este é o maior investimento em infraestrutura física realizada no Samae”, ressalta Eccel.

Com uma tecnologia inovadora e pioneira na região, a equipe da ETA Central deixará de utilizar água para limpeza dos filtros e passará a usar ar comprimido, o que reduzirá em 50% a água usada para este fim, uma economia de 600 mil litros por dia.

Paralelo à obra na ETA Central, o projeto de adaptação e ampliação estrutural da ETA 2 já está em fase final. A estrutura de reservatório dobrará de tamanho, passando de 726 para 1.472 metros quadrados. “O projeto arquitetônico já está pronto e em 60 dias devem iniciar as obras”, avalia Ristow.

O local onde é feita a captação de água do Samae, no bairro Guarani, também está em reforma. As obras iniciaram no final do ano passado e já estão em fase de conclusão.

Mais seis bombas pressurizadoras até o final do ano

Para levar a água para lugares mais altos alguns locais contam com bombas pressurizadoras. Na rua João 23, no bairro 1º de Maio, a capacidade de abastecimento da bomba dobrou e uma nova casa de reservatório foi construída. “Com a reforma ela está preparada para abastecer os novos loteamentos que estão sendo construídos aqui na região e também para um aumento populacional futuro”.

Além dessa, o Samae planeja a construção/reforma de mais seis casas de bombas pressurizadoras em diferentes locais. A primeira delas já está em andamento, na rua João Tormena, no bairro Santa Rita, que está recebendo uma nova casa de reservatório e ampliará a capacidade de abastecimento em pelo menos o dobro.

Clarissa dos Santos/Secom