imprensa

Gestores debatem criação de comissão para desburocratizar pedidos de viabilidade

Durante esta quarta-feira, 17 de fevereiro, representantes de diversas pastas do governo municipal se reuniram na sede administrativa do Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae) de Brusque.

Participou a superintendente da Fundação Municipal de Meio Ambiente (Fundema), Ana Helena Boos; o diretor-presidente do Instituto Brusquense de Planejamento (Ibplan), Leonardo Schmitz; o diretor da Defesa Civil de Brusque, André Archer; o diretor-presidente do Samae Brusque, Luciano Camargo; além do corpo de engenheiros da autarquia municipal.

O objetivo do encontro foi deliberar sobre a possível criação de uma comissão multi entidades que visa desburocratizar os diversos pedidos de viabilidade para loteamentos e outros tipos de empreendimentos.

Hoje, são necessários vários pareceres dos órgãos públicos citados acima. Com a implementação de um grupo interdisciplinar reunindo os gestores das pastas, a meta, além de diminuir a burocracia atualmente existente, é padronizar e simplificar os processos.

“Estamos seguindo uma linha de desburocratização que nos foi demandada pelo governo de Brusque no início deste ano. E pra isso, todos precisam falar a mesma língua. Não adianta o Samae aqui conceder uma viabilidade, sendo que outro órgão não dará por conta de outro fator legal. Então queremos criar um sistema de chegada e entrega desses pedidos para juntos podermos deliberar, melhorar e deixar mais claro esse tipo de serviço prestado ao público”, explica Luciano Camargo.

Uma nova reunião será marcada em breve para continuar os trâmites de implantação da futura comissão.